Marcos Suel

" Diferente de Todos, mas igual á Você !! "

Site: www.marcossuel.com.br



quarta-feira, 21 de março de 2012

DONATO ESTA EM CONTATO

DONATO E O DEP.WASNI DE ROURE 
DONATO FAZ CONTATO E TEM TRAMITE COM DIVERSAS AUTORIDADES POLITICAS DO DF E DO GOIAS,DONATO JA FOI VEREADOR DE PADRE BERNARDO EM UMA ÉPOCA DIFICIL MAS MESMO ASSIM CONSEGUIU DIVERSAS MELHORIAS PARA O MUNICIPIO BERNADENCE,COMO ASFALTO DE VENDINHA PARA MONTE ALTO ESCOLA ST. BARBARA QUE HOJE ENCONTRAM EM TOTAL ABANDONO PELOS GOVERNANTES QUE ALI SE ENCONTRAM.

DONATO

DONATO GOLANOSWKI, HOMEM HONRADO E TRABALHADOR,NÃO GOSTA DE INJUSTIÇAS ESTA SEMPRE TRABALHANDO PARA QUE ELAS NÃO EXISTAM E TEM PAVIO CURTO,DONATO É PRE SUPLENTE DE VEREADOR NO MUNICIPIO DE PADRE BERNARDO E É PRÉ-CANDIDATO PELO PTB-GO,MORADOR DE CURRALINHO E COMERCIANTE EM VENDINHA,TRABALHA COM SUA FAMILIA,PORQUE ACHA QUE FAMILIA É TUDO QUE UM HOMEM PODE CULTIVAR DE MELHOR AQUI NA TERRA.


DONATO E IOLANDO, GENTE QUE FAZ

TRABALHO E SERIEDADE

TRABALHO COM QUALIDADE TRANSPARENCIA E MUITA COMPETENCIA,ESSE É O LEMA DE CECIN SARKIS 

GENTE QUE FAZ E QUER FAZER MAIS

PADRE BERNARDO,TRAJANÓPOLIS,TABOQUINHA,VENDINHA E MONTE ALTO  PRECISA DE  PESSOAS ASSIM

sexta-feira, 22 de julho de 2011

SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

    O FUTEBOL BRASILEIRO QUE É REFERENCIA PARA O FUTEBOL MUNDIAL,ESTÁ PASSANDO UM MOMENTO DE TOTAL DECADÊNCIA JÁ MAIS VISTA EM TODA HISTÓRIA DO NOSSO ESPORTE FAVORITO.ISSO PROVA CADA VEZ MAIS A MÁ FÉ E A IMCOMPETÉNCIA DAS ADMINISTRAÇÕES DOS ORGÃOS PÚBLICOS BRASILEIROS,E PORQUE ISSO?PORQUE OS EXEMPLOS VEM DOS NOSSOS PODERES, EXECUTIVO,LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO,É AQUI QUE TODA ESSA IMUNDICE COMEÇA,MENSALÃO DE PT,MENSALÃO DE DEM,CAIXA DE PANDORA,APADRINHAMENTO DE CARGOS,COMPRA DE VOTOS,DESVIO DE VERBAS PÚBLICAS,CORONELISMO SE FOR LISTAR TUDO OS CARACTERES DESSE BLOG NÃO CABERIA,
   RICARDO TEIXEIRA O HOMEM MAL DO FUTEBOL BRASILEIRO,VAI FAZER MALDADE E NADA IRÁ ACONTECER E JÁ COMEÇOU,O MEU AVÔ COM OITENTA ANOS CONVERTIA AQUELES PÉNALTIS,DE REPENTE NA CONVOCAÇÃO DA SELEÇÃO PARA O MUNDIAL NO BRASIL,TEREMOS: O GOLEIRO BRUNO,O CENTROAVANTE ZÉ ELIAS,O EDMUNDO,ROMÁRIO COMO MOTORISTA DO ÔNIBUS DA SELEÇÃO,EURICO MIRANDA,ZEZÉ PERRELA,ADRIANO IMPERADOR DOS BARES E BOATES,ETC,ETC... 

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

blogdogbu.com: PRÉ-CANDIDATO A DISTRITAL DE BRAZLÂNDIA ; BÊBADO, DORMINDO E SEMI- NU

Infelizmente esse tipo de situação acontece por aqui,e a população ainda não consegue decinir quem realmente teria capacidade de representação em uma possível legislatura na câmara distrital ou federal.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

JA ESTOU COM SAUDADES

JA ESTOU COM SAUDADES,DE UM PRESIDENTE QUE DEU ESPERANÇA E ENCHEU OS BRASILEIROS DE CONFIANÇA EM SI MESMO,QUE MOSTROU PARA O MUNDO QUE O BRASIL PODE MUITO E QUE REALMENTE SOMOS INDEPENDENTE E MERECEMOS O DEVIDO RESPEITO,DE UM PRESIDENTE QUE HORA CARREGA CAIXA DE ISOPÔ NA PRAIA E HORA ESTÁ AO LADO DE BARACK OBAMA LIDERANDO REUNIÕES DE ESTADO,DE O ÚNICO PRESIDENTE QUE VEIO EM BRAZLÂNDIA CONVERSAR COM CHACAREIROS,ESTOU COM SAUDADES DO NOSSO LULA...

POR ONDE ANDA?

POR ONDE ANDA UM DOS MÉDICOS MAIS POPULARES DE BRAZLÃNDIA?
Dr.TRINDADE,NOS ANOS 80 E 90 ESSE MÉDICO FEZ HISTÓRIA EM NOSSA CIDADE POR TRABALHAR BEM, E AO MESMO TEMPO SER UMA PESSOA COM DEPENDENCIA DE ALCOOL.Dr.EDUARDO GOMES TRINDADE,CRM-DF 4822,POR ONDE ANDA?

ADMINISTRADOR DE BRAZLÂNDIA

FOI MUITO FELIZ QUEM INDICOU O ZÉ LUIZ COMO NOSSO ADMINISTRADOR,HOMEM HONESTO TRABALHADOR COMPETENTE,E ACIMA DE TUDO UMA PESSOA MUITO HUMANA E ALÉM DE TUDO TEM BAGAGEM ADMINISTRATIVA,PARABÉNS ZÉ LUIZ,SEJA BEM VINDO E BOA SORTE.

domingo, 31 de outubro de 2010

UM NOVO CAMINHO PARA BRASILIA

BRASILIA QUER SAIR DO ATOLEIRO,DO CAUSO,DA BAGUNÇA,ESTA ELEITO O NOVO GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL,O BAIANO DE ITAPETINGA AGNELO QUEIROZ É O NOVO COMANDANTE DA BARCA CHAMADA BRASILIA,FAÇO VOTOS PARA QUE ELE GOVERNE COM FORÇA TOTAL,PULSO FORTE E ACIMA DE TUDO NÃO FAÇA CONCHAVOS E SEJA UM ESTADISTA COMO FOI O PRESIDENTE LULA PARA O NOSSO BRASIL.
BOA SORTE AO NOVO GOVERNO QUE SE INICIA!!!

MARCOS SUEL

sábado, 16 de outubro de 2010

NOVOS NOMES

Brazlândia mais uma vez sem representante na cãmara legislativa!

JUAREZ CARLOS: teve uma boa expressão nas urnas,mas ficou de fora do próximo pleito,precisa levar a política mais a sério e conversar mais com a população de Brazlãndia,e com os outros prés-candidatos.

IOLANDO: muitos votos mesmo assim não deu pra alcancar a vaga tão sonhada,talvez tenha que repensar o fator religião e política,acho que atrapalhou bastante,não acredito no seu fõlego para 2014.

EDIMAR PIRENEUS: pode se aquetar políticamente

OMAR BATISTA: só teve essa quantidade de votos porque estava no PT se fosse em qualquer outro partido seria bem menos,deve fazer um estudo mais profundo sobre a política no DF e pensar em apoiar alguem em 2014.

J.LIMA: deve apoiar alguém na próxima,pois amizade nâo é simõnimo de voto.

LUIZINHO ARAUJO: se já estava chateado com a política deve estar mais ainda,também deve se encostar em alguém em 2014.

MARCOS SUEL: continuará a fazer o trabalho de concientização do eleitor brazlandence só que com uma intensidade maior,e pretende conversar com os outros pré-candidatos de 2014.

VALDIR PESSOA: agora sabe o que é política e deve repensar para 2014.

OLEGARIO SOL: teve um bom desempenho e deve estar no páreo em 2014.

DÃNIO FERNANDES: muito corajoso e tem boas idéias deve fazer um trabalho em prol de alguém para 2014,mas não acredito em nova tentativa.

HELENA DO PSB: deve parar por ai.

HERNANI:porque ele saiu candidato?

BRAZLÃNDIA TEM POTENCIAL SÓ PRECISA DESCOBRIR ISSO,E O VERDADEIRO VENCEDOR DESSAS ELEICÕES FOI MESMO OS CANDIDATOS DE FORA,QUE CONSEGUIU MAIS UMA VEZ DEIXAR-NOS SEM REPRESENTANTE,PORQUE ELES SÓ VOLTARÃO DAQUI A QUATRO ANOS,MAS BENEFICIARÃO SEUS POPILOS AQUI EM NOSSA CIDADE,PRESTEM ATENÇÃO NO QUE ESTOU FALANDO!!


AGRADECIMENTOS

Quero agradecer aos meus 246 eleitores que acreditaram em mim,e que ainda acredita que possamos mudar a política no DF,pois esta ai uma semente plantada para 2014,farei o possível para que esta germine e gere muitos frutos para o Distrito Federal.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

OAB lança campanha de combate à corrupção

Movimento reúne outras instituições com o objetivo de divulgar candidatos “ficha limpa” no Tocantins

Com objetivo de combater a corrupção eleitoral, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Tocantins lança às 17h de hoje a campanha “Voto não tem preço, tem consequências”. A campanha inclui palestras em escolas sobre a importância do voto, a escolha de candidatos com ficha limpa e a entrevistas com os candidatos ao governo pela internet.

Disputam o cargo Carlos Gaguim (PMDB) e Siqueira Campos (PSDB), o primeiro pela coligação “Força do Povo” e o segundo pela “Tocantins Levado a Sério. Para Ercílio Bezerra, presidente da OAB, a ideia é divulgar “lições de cidadania” aos estudantes sobre a importância do voto. “Vamos alertar que a responsabilidade numa eleição não é apenas da justiça eleitoral e do Ministério Público.”

São parceiros da OAB nessa campanha a Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), Organização Jaime Câmara (OJC), Arquidiocese de Palmas, Grande Loja Maçônica do Tocantins, Associação dos Magistrados do Tocantins (Asmeto) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Horário gratuito vai até 30 de setembro

Propaganda no rádio e na televisão é veiculada de segunda à sábado, além de inserções diárias na programação das emissoras

A propaganda eleitoral gratuita que começou a ser veiculada no rádio e na televisão em 17 de agosto vai ao ar até 30 de setembro. São veiculados dois blocos de 50 minutos, de segunda a sábado, sempre às 7h e 12h no rádio e às 13h e 20h30 na televisão, considerado o horário de Brasília.

Às segundas, quartas e sextas-feiras é veiculada a propaganda dos candidatos a governador, deputado estadual/distrital e senador. Já às terças, quintas e sábados será transmitido o programa dos candidatos à Presidência da República e a deputado federal.

Além do horário gratuito, as coligações partidárias contam também com 30 minutos diários – sendo seis para cada cargo - em forma de inserções de até 60 segundos ao longo da programação das emissoras, entre 8h e 24h, inclusive aos domingos.

Caso haja segundo turno para presidente ou governador em 31 de outubro, a propaganda eleitoral gratuita pode começar a partir das 48 horas da proclamação dos resultados do primeiro turno, sendo o dia 16 de outubro a data limite para o seu início.

De acordo com a legislação, é proibida a divulgação de propaganda paga nas emissoras de rádio e TV.

Tire suas dúvidas sobre as Eleiçoes

O que é voto em legenda?
É aquele no qual o eleitor pode escolher somente o partido ao qual deseja destinar o seu voto

O voto em legenda é aquele em que o eleitor não indica um candidato específico para ocupar determinada vaga, mas, sim, manifesta o desejo de que qualquer candidato daquela legenda possa exercer a função.

Para votar na legenda, o eleitor deve digitar apenas os dois primeiros números (referentes ao partido) na urna eletrônica. Este tipo de voto é considerado válido e soma-se aos votos nominais (aqueles dados diretamente aos candidatos) para o cálculo dos quocientes eleitoral e partidário.

Nas eleições majoritárias, como para escolher o presidente e o governador, não há voto em legenda, devido à inexistência de múltiplos candidatos de um mesmo partido disputando o cargo.

Na votação para o Senado, embora eventualmente ocorra eleição com mais de um candidato por partido, cada postulante concorre a uma vaga específica, não disputando, entre si, o mesmo cargo. Deste modo, o eleitor precisaria manifestar sua vontade duas vezes, inviabilizando o voto de legenda no pleito 2010, no qual serão escolhidos dois senadores por Estado.

Fonte: último Segundo (IG)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

PISOS SALARIAIS DE TRABALHADORES DE FARMACIAS DE SANTOS-SP

PISOS SALARIAIS 2009


FARMÁCIAS, DROGARIAS E DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS

FARMÁCIAS DE MANIPULAÇÃO

5,5% DE AUMENTO SALARIAL 2009
a partir de 1º de julho
Balconista R$ 1.000,00

Os valores abaixo estão em vigor desde 1o de julho - data-base da categoria, portanto as empresas deverão pagar os novos salários em agosto junto com as diferenças do salário referente ao mês de julho, no 5o dia útil de setembro. Caso a folha já esteja fechada, o salário de 5 de outubro deverá contemplar 5,5% do aumento, mais 5,5% do mês de julho, mais 5,5% do mês de agosto, lembrando ainda que no mês de outubro, pago até 5 de novembro, deverá ser incluído no ganho do trabalhador 1/30 do salário, referente ao Dia do Comerciário, conforme cláusula da convenção coletiva.

Informamos também que conforme cláusula da convenção ficam as empresas obrigadas a descontarem 5% dos salários de agosto reajustados dos empregados a titulo de contribuição assistencial com o limite máximo de R$ 45,00.

Comunicamos também que a contribuição confederativa de 1% do ganho mensal do empregado, não deverá ser descontada nos meses em que forem descontadas as contribuições; sindical ou assistencial, obedecendo a decisão soberana da assembléia da categoria.

PISOS VIGENTES de 01/07/09 a 30/06/10

Anterior

Atual

Office-boy, pacoteiro, e auxiliar de reposição

R$ 475,50

R$ 502,00
Função de faxineiro

R$ 547,50 R$ 578,00
Empregados em geral

R $ 677,00 R$ 714,00
Entregador Motorizado

R $ 744,00 R$ 785,00
Auxiliares de Farmácia com manipulação.

R$ 757,00 R$ 798,00
Atendentes de prescrições magistrais Fcia de manipulação

R$ 778,00 R$ 821,00
Balconistas e Técnicos de Farmácia

R$ 945,50 R$ 1.000,00
Empregados no cargo de Gerência

R$ 1.640,00 R$ 1.730,00
Quebra de caixa (deverá ser pago + 10% ao empr. que exerce a função de caixa)

10% sobre o salário nominal,
(R$ 67,70)
10% sobre o salário nominal,
(R$ 71,40)
Vale Refeição (Plantões Sábados Domingos e Feriados)

R$ 12,50

R$ 13,20
Auxilio Creche (pagos a empr. mãe no retorno do aux maternidade até o 12º mês)

R$ 118,50

R$ 125,00

PROPAGANDA PROIBIDA!!!

Propaganda proibida

TRE aumenta restrições para a campanha de rua. Agora, muros e cercas particulares não poderão ser pintados com nomes e números de candidatos, mesmo que o dono autorize. Carros de som não serão autorizados a circular em vias de tráfego intenso

Noelle Oliveira
Fotos: Zuleika de Souza/CB/D.A Press

Os candidatos do DF terão de apagar as propagandas feitas em muros, cercas ou tapumes de imóveis particulares, repintando o local


O prazo para a limpeza será de 48 horas a contar da notificação, que deverá ocorrer hoje: os desobedientes receberão multa de R$ 2 mil a R$ 8 mil


Candidatos aos mais variados cargos no Distrito Federal terão bastante trabalho a partir deste fim de semana. Isso porque o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) proibiu propagandas em muros, cercas e tapumes de imóveis particulares. Os anúncios do tipo, espalhados por toda a capital, terão que ser apagados, em um prazo de 48 horas, pelos candidatos a que se referem. Ou seja, eles terão de repintar tudo o que sujaram. Na tarde de ontem, apenas em muros do Paranoá, do Itapoã e da Vila Planalto, o Correio identificou propagandas referentes a 13 candidatos a deputado federal e distrital, além de referências aos dois principais postulantes ao Palácio do Buriti, Agnelo Queiroz (PT) e Joaquim Roriz (PSC).

Segundo o juiz da coordenação de Organização e Fiscalização de Propaganda Eleitoral do TRE, Carlos Alberto Martins Filho, todos os candidatos serão intimados ainda hoje. “A intimação ocorre via fax. Caso haja algum problema, mandamos um representante do tribunal até o candidato. O prazo de 48 horas passa a correr a partir da notificação do candidato”, explicou. Aqueles que não se adequarem estão sujeitos à multa que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

Caso algum candidato desrespeite a regra, o que será fiscalizado pelo TRE a partir da próxima semana, o Ministério Público Eleitoral será comunicado, gerando uma representação que, posteriormente, se converterá em multa na Corte. A nova determinação foi expedida na última quarta-feira. Anteriormente, a pintura em muros de propriedades particulares era permitida, desde que os proprietários não recebessem dinheiro ou outro benefício por isso. Propagandas eleitorais em muros de órgãos públicos já estavam proibidas.

Até o fim da tarde de ontem, o TRE havia registrado 1.461 denúncias de propaganda eleitoral irregular. “Na maioria das vezes, as denúncias vêm com o material completo que precisamos. Mesmo assim, enviamos servidores aos locais indicados para fazer a constatação”, explicou Martins Filho. Enquanto isso, nas cidades, os donos dos muros desconhecem a nova regra. “Eles chegam aqui e pedem para pintar, como é um candidato aqui da cidade, que apoiamos, acabamos deixando”, diz a proprietária de uma casa no Paranoá que tem o muro pintado com o nome de um candidato a distrital. A mulher nega ter recebido qualquer quantia para permitir a pintura. “Não me deram nadinha.”

O nome de Roriz pode ser visto em muros do Itapoã, ao lado de um candidato a distrital pelo PMN. “Vamos aguardar a intimação e avaliar qual será nossa posição. Já havíamos feito, anteriormente, uma consulta formal ao TRE, que nos confirmou que a pintura nos muros poderia ser feita. Agora, eles mudaram de opinião”, contestou o presidente do PSC, Valério Neves.

Já no Paranoá e na Vila Planalto, há diversas pinturas de postulantes à Câmara Legislativa, muitas das quais complementadas com o nome de Agnelo. Foi a coligação liderada pelo PT que formulou a consulta ao TRE, culminando com a nova determinação. Representantes da coligação foram procurados pelo Correio para comentar o assunto, mas não foram encontrados.

Veículos
Nesta semana, a Cartilha da Propaganda Eleitoral já havia passado por outra alteração, ganhando três páginas. O acréscimo se deve a restrições para o uso de veículos com aparelhagem de sonorização. Eles foram proibidos de circular em algumas vias do DF devido a transtornos que causam no trânsito, e aos riscos a que expõem motoristas e pedestres. As novas medidas foram tomadas após o TRE avaliar as dimensões dos carros de som e a baixa velocidade com a qual eles circulam.

Coube ao Departamento de Trânsito (Detran-DF) mapear os locais de maior risco para a segurança e a fluidez do trânsito (veja quadro), bem como os níveis sonoros máximos permitidos em ambientes externos. “Os condutores serão intimados a retirar seus veículos. Caso se neguem, poderão ter o carro apreendido”, explicou o juiz do TRE. A infração também está sujeita à multa, aplicada aos candidatos responsabilizados pela propaganda. “O valor será avaliado caso a caso”, explicou o magistrado.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

TRE BARRA CRISTIANO ARAUJO

TRE-DF barra candidatura de Cristiano Araújo

Ricardo Taffner
Publicação: 11/08/2010 17:32 Atualização: 11/08/2010 20:24
Por quatro votos a dois, o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) negou, nesta quarta-feira (11/8), a candidatura à reeleição do deputado distrital Cristiano Araújo (PTB). A decisão se deu com base na Lei da Ficha Limpa.
"A lei (da Ficha Limpa) tem aplicação imediata e geral. Dizer que ela só pode valer para o futuro é um contrassenso", disse o desembargador Hilton Queiroz, relator do processo. A ação de impugnação foi movida pelo deputado Chico Vigilante (PT) e pelo Ministério Público Eleitoral.
A defesa do distrital ainda não decidiu se vai entrar com embargo de declaração no TRE ou com recurso direto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mesmo sob risco de ter a candidatura vetada, o deputado já gastou R$ 147 mil para promover seu nome para as eleições de outubro.
Cristiano Araújo foi condenado em ação de investigação judicial relacionada a abuso de poder econômico nas eleições de 2006. Na época, ficou inelegível por três anos.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

NOVA DENUNCIA CONTRA RORIZ

ELEIÇÕES 2010
Nova denúncia atinge Roriz

Ministério Público vai investigar se o ex-governador pagou R$ 10 mil para calar o neto de um suposto laranja. O nome de outro possível testa de ferro do candidato do PSC aparece em conversa gravada por Alberto Fraga

Ana Maria Campos
José Evaldo Vilela/Divulgação

Paulo Tadeu e Érika Kokay se reuniram com a procuradora-geral de Justiça do DF, Eunice Carvalhido (E): pedido de apuração protocolado

Adauto Cruz/CB/D.A Press - 31/7/10



Gravei porque achei que fosse armação”
Alberto Fraga, Deputado federal e candidato ao Senado na chapa de Roriz


Um novo episódio suspeito relacionado a Joaquim Roriz (PSC) envolve Osvaldino de Oliveira, dono da transportadora Nely Transportes. O empresário — que é investigado com o ex-governador no famoso inquérito relacionado à partilha de um cheque de R$ 2,2 milhões — aparece agora em gravação como testa de ferro de Roriz em terras no Nordeste de Goiás. A denúncia foi protocolada ontem no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) pelos deputados distritais Paulo Tadeu (PT) e Érika Kokay (PT), em audiência com a procuradora-geral de Justiça do DF, Eunice Amorim Carvalhido.

A representação será encaminhada ao Núcleo de Combate às Organizações Criminosas (NCoc) do MP local, onde os promotores de Justiça já são responsáveis pela investigação do episódio que levou Roriz à renúncia ao cargo de senador em 2007. Dono de uma empresa que há uma década presta serviços no ramo de coleta de lixo no Distrito Federal, Osvaldino teve os sigilos bancário, fiscal, telefônico e telemático (e-mails) quebrados em 2008, com autorização da Justiça, para avaliação sobre qual foi a participação dele na partilha do cheque do empresário Nenê Constantino. Uma parcela do dinheiro ficou com Roriz, segundo o ex-governador para a compra do embrião de uma bezerra.

A divisão do dinheiro descontado no Banco de Brasília (BRB) (1)pelo então presidente Tarcísio Franklim de Moura ocorreu no estacionamento da Nely Transportes. Agora, o nome de Osvaldino aparece em meio a uma denúncia de que Roriz pagou R$ 10 mil em dinheiro vivo para calar André Alves Barbosa, neto de um suposto laranja do ex-governador, o fazendeiro Geraldo Alves Barbosa, conhecido como Geraldinho, com quem ele mantém uma relação tumultuada há pelo menos 20 anos. Em conversa com o deputado federal Alberto Fraga (DEM), André contou que a Fazenda Rasgado, com 2,6 mil alqueires, registrada no cartório em nome de sua família, pertenceria na verdade a Roriz. A propriedade localizada em São Domingos de Goiás foi passada em 2004 para o nome de Osvaldino para burlar a penhora de uma dívida no valor de R$ 7 milhões, contraída por Geraldinho, supostamente em benefício do ex-governador.

Fraga (2)— candidato ao Senado — se encontrou com André no começo de junho no Kingstown Hotel, em Taguatinga. Segundo o deputado, familiares de Geraldinho o procuraram com a expectativa de vender a gravação em que o fazendeiro aparece conversando com Roriz sobre a dívida relacionada à fazenda. O deputado do DEM usou um gravador escondido para registrar o encontro. “Gravei porque achei que fosse uma armação”, explica Fraga. Numa parte não gravada, André teria lhe cobrado R$ 50 milhões pelas imagens de Roriz. “Eles disseram que aceitavam R$ 30 milhões, mas nunca pensei em comprar até porque, se eu tivesse esse dinheiro, estaria fazendo outra coisa da minha vida”, disse Fraga.

Chantagem
André esteve com Roriz em março, na casa do ex-governador no Park Way. Desse encontro, surgem duas versões. Na denúncia feita a Fraga, André disse que foi cobrar o pagamento da suposta dívida no Banco Real. O ex-governador disse que resolveria a pendência depois da eleição, quando reassumisse o Palácio do Buriti. “Fui lá falar de uma dívida. Essa dívida é do banco, que o banco tem que penhorou a fazenda lá. Só que a fazenda foi passada para o Osvaldino”, disse André a Fraga. “Quem pegou foi o velho. Não fomos nós. Eu fui lá falar da dívida”, afirmou no diálogo com o deputado.

A equipe de Roriz afirma que a história é outra. O coordenador de Comunicação da campanha de Roriz, Paulo Fona, sustenta que Geraldinho teve negócios de gado no passado com o ex-governador e os dois mantêm uma boa relação. Roriz já teria, inclusive, arrendado a fazenda de Geraldinho. Por isso, ele teria dado dinheiro ao neto dele, como uma forma de ajudá-lo agora. “Esse sujeito (André) é um vigarista que tentou chantagear o (ex) governador depois que recebeu ajuda. Como não conseguiu, resolveu tentar arrancar dinheiro de outras pessoas”, afirma Fona.

Dos 2,6 mil alqueires da Fazenda Rasgado, hoje cerca de 2 mil pertencem a Osvaldino, que teria adquirido as terras em 2004. Do total, 600 alqueires foram vendidos à Agropecuária Palma, empresa da família Roriz, que são administrados pelo neto mais velho do ex-governador, Juliano. A assessoria de Roria afirma que não há nada de ilegal na operação. Toda a transação teria sido registrada em cartório e o pagamento do ITR (Imposto Territorial Rural) seria feito regularmente.

Amigo de Roriz, Osvaldino mantém contrato com o GDF desde 2000 sem licitação para coleta de lixo. Até 2006, a empresa era subcontratada pela Qualix, que detinha com exclusividade, os contratos de limpeza pública do DF. A partir de 2007, a Nely passou a receber diretamente do Governo do Distrito Federal. Nos últimos três anos e meio, a prestadora de serviços recebeu R$ 33,5 milhões. A assessoria de Roriz nega a suspeita de que Osvaldino seja um laranja de Roriz.


1 - Tráfico de influência
O cheque que provocou a renúncia de Joaquim Roriz, nominal ao empresário Nenê Constantino, era do Banco do Brasil, mas foi descontado na tesouraria do BRB por interferência do então presidente dessa instituição financeira, Tarcísio Franklim de Moura. O Núcleo de Combate às Organizações Criminosas do MPDFT ajuizou uma ação de improbidade contra Roriz, Constantino e Tarcísio Franklim porque considera que houve tráfico de influência na operação.


2 - Aliados pouco amistosos
Candidato ao Senado na coligação encabeçada por Joaquim Roriz, Alberto Fraga mantém uma relação conflituosa com o ex-governador. Quando gravou o encontro com André Barbosa, ele se preparava para disputar o GDF numa terceira via. O plano não deu certo e o DEM decidiu seguir com Roriz. Fraga, no entanto, anunciou que não pretende fazer campanha ao lado dele.


Esse sujeito (André Alves Barbosa) é um vigarista que tentou chantagear o (ex) governador depois que recebeu ajuda”
Paulo Fona, coordenador de Comunicação da campanha de Roriz



O NÚMERO
180 mil
Número de eleitores no DF que o TRE pretende treinar — por meio de demonstrações da urna eletrônica em locais públicos — para reduzir o tempo de votação em 3 de outubro.


Relação antiga

Não é a primeira vez que o fazendeiro Geraldo Barbosa, conhecido como Geraldinho, aparece para tumultuar uma campanha de Joaquim Roriz ao GDF. Em 1998, ele deu uma entrevista ao Correio em que afirmou ter emitido notas fiscais frias do seu frigorífico em Luziânia (GO) para simular a compra de cabeças de gado de Roriz. Ele também contou que escondeu por mais de um ano o capataz Valdivino Vieira Pinheira, que trabalhou para o ex-governador. O funcionário era considerado testemunha-chave nas investigações da CPI do Orçamento no Congresso, em 1994, quando Roriz foi acusado de ter negociado a aprovação de emendas irregulares.

No relatório da CPI, Geraldinho aparece como comprador de 500 cabeças de gado de Roriz por valor equivalente a 150 mil dólares. O dinheiro teria sido depositado em contas do ex-governador. A receita cobriria parte da diferença apurada entre a renda de Roriz e sua movimentação bancária. Depois da entrevista ao jornal, Geraldinho voltou atrás. Em depoimento encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) pelo advogado Eri Varela, que representava Roriz, Geraldinho acusou o então distrital César Lacerda de ter lhe oferecido dinheiro para incriminar o ex-governador. Também envolveu na denúncia o então senador José Roberto Arruda, que concorria ao GDF. Arruda e Lacerda refutaram as acusações.

A assessoria de Roriz afirma que se trata agora da terceira geração da família de Geraldinho a pressionar o ex-governador. Mesmo assim, até agora ele não se negava a ajudá-los. Nos últimos meses, Roriz teria recebido ligações do neto de Geraldinho, André Barbosa, em que ele pedia dinheiro para não divulgar a imagem em que receberia dinheiro do candidato do PSC. O ex-governador não quis ceder à chantagem, segundo conta o coordenador de Comunicação da campanha, Paulo Fona. Os advogados de Roriz teriam três bilhetes em que André Barbosa relata estar negociando a gravação. O texto é impresso no computador. Barbosa e seus familiares não foram localizados ontem pelo Correio. (AMC)


DCE
Presidente se diz alvo de acusação falsa

O Diretório Central de Estudantes (DCE) do Centro Universitário de Brasília (UniCeub) registrou ontem queixa contra André Kerber, tesoureiro do diretório, e outros estudantes. O DCE os acusa de fazer denúncias falsas contra o presidente da entidade DCE, Carlos Eduardo Peixoto Guimarães, conhecido como Kaká e candidato a deputado distrital pelo PV. Segundo Jéssica de Oliveira, diretora de relações públicas do diretório, André teria entrado na instituição no domingo, usando um documento forjado, e trocado as fechaduras da sala do DCE. Ele teria, ainda, levado cerca de R$ 800, além de um celular e documentos. Mais tarde, quando Kaká e outros membros foram até a sala, eles perceberam o que ocorreu. “Ele roubou o dinheiro e está acusando o DCE de não prestar contas desse valor”, afirma Kaká. Na noite de domingo, André denunciou Kaká à 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) por arrombar a sala do DCE do UniCeub. De acordo com Kaká, o tesoureiro e o vice-presidente do DCE, Luis Henrique Prata, cortaram relações com o diretório no fim de 2009 e tentavam retirá-lo da presidência. Ainda segundo Kaká, a motivação da intriga seria política. No entanto, André Kerber sustenta que parte da diretoria começou a fazer atividades paralelas após novembro de 2009, quando houve um saque no valor de R$ 9,9 mil da conta do DCE sem o conhecimento do tesoureiro. Kerber acredita que o montante seria usado na campanha de Kaká.

CIDADE EM BUSCA DE INDENTIDADE


PADRE BERNARDO
Distrito em busca de identidade

Comunidade de Monte Alto reivindica que o local, integrante do município goiano, passe a fazer parte do DF. Desde os anos 80, quando começou a ocupação, faltam serviços básicos

Mria Puljiz
Fotos: Monique Renne/CB/D.A Press

O local tem ares de cidade do interior, mas nem por isso a vida local é pacata: além da qualidade duvidosa da água, problemas de segurança fazem parte do dia a dia dos moradores


A dona de casa Glória dos Santos: “Já nos cansamos do descaso de Goiás”


Telma Antônia dos Santos: para beber água, somente com hipoclorito


Vicente da Costa: “Não deixo meus filhos chegarem perto da barragem”


Com aproximadamente 10 mil habitantes, Monte Alto, distrito de Padre Bernardo, em Goiás, ainda sofre com a falta de infraestrutura. Além de policiamento e transporte escassos, os moradores convivem com o medo de contrair doenças como a hepatite. A água que abastece as casas, segundo a comunidade local, está poluída com lixo, dejetos de animais e defensivos agrícolas. Coceiras e dores de estômago são comuns em crianças e adultos na localidade. O pedaço de terra fica distante 25km de Brazlândia e 65km da sede urbana, mas ainda não está no mapa do Brasil. Por causa da maior proximidade com o Distrito Federal, moradores da região começaram, nesta semana, a fazer um abaixo-assinado para a área deixar de ser responsabilidade do município goiano e passar a ser atendida pelo DF.

A comunidade pretende entregar a solicitação ao governo federal, mas para isso seria necessário fazer um novo zoneamento geográfico. No mapa, Monte Alto aparece como uma fazenda, no alto de uma chapada — daí a razão do nome. O chacareiro Jesuíno Caldeira Quintal, 74 anos, é o morador mais antigo da região. Ele se mudou de Ceilândia para a localidade em 1986 e conta que no espaço existiam apenas três barracos feitos de tábua. O proprietário da fazenda se chamava João Galetti, e o terreno tinha o nome de Fazenda Desterro. “Ele era dono de imobiliária e picotou toda a terra para vender”, contou Jesuíno.

A partir de então, dezenas de famílias começaram a habitar as pequenas chácaras que estavam sendo formadas. “Nós existimos, mas no mapa continuamos sendo um pedaço de terra”, explicou. O distrito foi criado por lei, em 2007, e é reconhecido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas nem toda a divisão geográfica aparece no mapa do país.

Carteiros não chegam a Monte Alto. As correspondências são entregues em caixas postais — cada morador aluga uma —, em Brazlândia. Há um posto policial instalado logo na entrada do povoado, mas os moradores quase não encontram agentes na sede ou circulando pelo lugar. Mesmo durante o dia, não há quem se arrisque a deixar a casa sozinha ou destrancada. “Para ir ao vizinho, a gente tem que ficar de olho, porque é questão de segundos para os bandidos entrarem e levarem nossas coisas”, contou a doméstica Fernanda Pereira da Silva, 26 anos.

Água ruim
Na casa de Telma Antônia dos Santos, 50 anos, a água não é canalizada e, por não chegar às torneiras, precisa ser armazenada em caixas de fibra. “Morro de medo do mosquito da dengue e vivo tampando bem as caixas. Para beber água, a gente tem que colocar um remédio chamado hipoclorito, distribuído pelo Ministério da Saúde. O gosto é muito ruim”, disse.

A barragem que abastece as residências também é utilizada para lavar animais e para a diversão de jovens. Quem visita o local vê de longe inúmeras sacolas plásticas, maços de cigarro vazios, latas de cerveja e garrafas pet espalhadas às margens do reservatório. O comerciante Vicente da Costa, 52 anos, precisa passar pomada em todo o corpo depois de se banhar. “É só tomar banho que já começo a me coçar. Não deixo nenhum dos meus filhos chegar perto da barragem.” A Saneago, empresa de saneamento de Goiás, disse por meio de nota que a operação do sistema não é sua responsabilidade. A nota afirma ainda que “a Saneago, atendendo pedido da prefeitura, faz manutenção eletromecânica” e que tem “estudos preliminares para elaboração de projeto e implantação de sistema, dentro dos padrões técnicos que atendam e garantam o fornecimento de água potável”.

Ambulância
Segundo o secretário de administração pública de Padre Bernardo, Salvador Duarte, o município se preocupa com a situação de Monte Alto, ao contrário do que alegam os moradores. Ele disse que o Ministério Público entrou com ação civil pública em 22 de abril deste ano por causa da falta de água tratada, e que a prefeitura tem cobrado soluções rápidas para o problema. Assim como Monte Alto, outros três distritos como Trajanópolis, Vendinha e Taboquinha estariam na mesma situação. Na próxima segunda-feira, a prefeitura tem reunião marcada com a Saneago para discutir a questão da água nessas áreas.

Outra reclamação recorrente é a falta de ambulância no posto de saúde. Os médicos atendem durante o dia, mas quem precisar ser levado para algum hospital tem de contar com a boa vontade dos vizinhos que tenham carro. Pelo gasto com gasolina, o frete sai por pelo menos R$ 40. Como Brazlândia é a cidade mais próxima, os moradores de Goiás sempre procuram atendimento no DF, o que contribui ainda mais para o inchaço na rede pública. “A maioria dos eleitores aqui transferiu o título para votar no DF. Já nos cansamos do descaso de Goiás”, desabafou a dona de casa Glória dos Santos, moradora da região há 17 anos. Segundo a secretária municipal de saúde, Fabíola Xavier, a ambulância foi retirada para atender pacientes de hemodiálise. “Eles fazem tratamento em Brasília três vezes por semana e, além de estar em situação mais grave, não têm condições de arcar com as despesas de transporte”, explicou. Outra ambulância para emergência, disse, já foi providenciada.

A comunidade twem se unido pela independência, mas a maior vontade é fazer parte do DF. Para alguns especialistas, a emancipação não seria a solução. Para alcançar a condição de município, o povoado precisa primeiro adquirir autonomia financeira, à custa do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Para tanto, é necessário também cumprir determinações mínimas previstas em lei, como apresentar potencial arrecadatório.


Para ir ao vizinho, a gente tem que ficar de olho, porque é questão de segundos para os bandidos entrarem”
Fernanda Pereira da Silva, moradora



Personagem da notícia



JESUÍNO CALDEIRAS QUINTAL, 74 ANOS, MORADOR DE MONTE ALTO
Natural de Coco, na Bahia, Jesuíno veio para Brasília em 1984. Instalou-se em Ceilândia, mas não passou muito tempo na cidade. Logo se mudou para Monte Alto. Ali, havia apenas um pedaço de terra e uns poucos barracos de tábua. Foi da agricultura que Jesuíno tirou e tira até hoje o seu sustento e o da família, composta por nove filhos, 19 netos e três bisnetos. Em Monte Alto, Jesuíno pode se considerar um fazendeiro. É dono pelo menos 10 chácaras espalhadas pelo povoado e se o tornou personagem mais conhecido entre os habitantes da região. Em 1987, ele lembra que muita gente chegou a morar em Monte Alto, mas, após a distribuição gratuita de lotes por um candidato a governador do DF à época, a maioria correu para se instalar em Samambaia em busca de um terreno. “ Chamaram até caminhão de mudança”, lembra. Para se corresponder com os familiares na Bahia, volta e meia o homem de barba aparada, chapéu e bota pega um ônibus para Brazlândia. Lá ele tem uma caixa postal. “Muita gente escreve para cá, mas não chega porque aqui não tem CEP, não tem rua. Não tem nada, mas eu gosto muito daqui. Ainda tenho esperança de que isso um dia vá melhorar. Se cortarem o mapa direitinho, todo mundo vai ver que estamos dentro do DF. Se der certo, vai ser uma boa”, analisou.





Capa
Índice
Política
Brasil
Economia
Opinião
Mundo
Tecnologia
Ciência
Saúde
Cidades
Super Esportes

Diversão & Arte

Direito & Justiça
Eu estudante
Informática
Turismo
Veículos
Divirta-se
Pensar
Super!
Revista do Correio
Trabalho
TV

360 graus
Ari Cunha
Visto, Lido e Ouvido
Brasil S/A
Brasília-DF
Charge
Crônica da Cidade
Desabafo
Favas contadas
Grita Geral
Memória do Correio
Nas Entrelinhas
Sons da Noite
Sr. redator
Tantas palavras
Tome Nota










Editor: Marcelo Tokarski // marcelotokarski.df@dabr.com.br
Tels 3214-1119 / 1180

VEJA COMO ANDA OS CANDIDATOS A DEP.FEDERAL

Quero parabenizar a todos nós e lhes cumprimentar pelo bom trabalho. Repliquem a notícia! Vamos duplicar os esforços para que o Izalci seja eleito com o máximo possível de votos.

A pequisa Dados mostra uma gama maior de nomes que começam a se destacar. Faltando pouco mais de dois meses para os eleitores de todo o Brasil irem às urnas, os candidatos mais conhecidos da população mantêm suas vantagens sobre “novatos” e políticos de menor expressão. Na disputa por uma das oito vagas para a Câmara dos Deputados a que o Distrito Federal tem direito, apenas sete candidatos tiveram seu nome citado por 1% dos eleitores que responderam o questionário: Magela, (2,5%), Reguffe, (2,3%), Izalci Lucas (PR, 1,8%), Erika Kokay (PT, (1,7%), Jaqueline Roriz (PMN, 1,6%), Paulo Tadeu (PT, 1,6%) e Laerte Bessa (PSC, 1,2%), estariam garantidos, caso as eleições fossem hoje e a pesquisa se concretizasse. Logo no encalço da última vaga estaria Augusto Carvalho (PPS, 0,9%).


http://comunidade.maiscomunidade.com/conteudo/2010-08-07/politica/2645





Tiago Reis – GPI Plano Piloto

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Está aberta a temporada de campanha

A partir de hoje (07/06) a propaganda eleitoral estará permitida em todo o país, e como nas eleições anteriores o DF será alastrado por carros de som, faixas e distribuições de materiais impressos.


Mas os candidatos este ano irão precisar tomar cuidados redobrados, em Brazlândia ao longo da avenida principal, nas proximidades da Rodoviária e da Igreja Menino Jesus de Praga (200 metros de cada um dos pontos), estará proibido a utilização de objetos não fixos (cavaletes, bonecos, placas, estandartes, cartazes, faixas, bandeiras).


E aparentemente o TRE-DF fará duras fiscalizações nas regiões administrativas,foi solicitado pelo tribunal que o GDF apreenda faixas nas ruas e fiscalize volumes altos nos carros de som.


As penalidades por propagandas irregulares no Distrito Federal ficará a cargo de três juízes eleitorais: Juiz Carlos Alberto Martins Filho, Juíza Vanessa Maria Trevisan e Juiz Júlio Roberto dos Reis (foi juiz do fórum de Brazlândia até o 1º semestre de 2010).

Site:www.brazlandia.com.br

sábado, 9 de janeiro de 2010

FARMACISTAS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

CAROS COLEGAS TRABALHADORES DE FARMACIAS E DROGARIAS DO DISTRITO FEDERAL CHEGOU NOSSA VEZ DE LUTARMOS POR MELHORIAS PARA NOSSA CLASSE.PRECISAMOS DE REPRESENTANTE URGENTE VAMOS NOS UNIR PARA VENCERMOS ESSA BATALHA QUE É NOSSA PROFISSIONALIZAÇÃO!CONTO COM VCS EM 2010.